"Sair de um blog sem comentar é como visitar alguém e ir embora sem se despedir..."
Quinta-feira, 25 de Setembro de 2008

Desporto: "Caminhada do Coração" agendada para Beja

 Sector de Desporto da Câmara Municipal de Beja promove no próximo domingo, através do seu gabinete de Actividades e Formação, a iniciativa “Caminhada do Coração”. Este evento é realizado em colaboração com a Fundação Portuguesa de Cardiologia e está agendado para o dia 28 deste mês, data em que se assinala o “Dia Mundial do Coração”. Apoiam também esta iniciativa: o Centro Social do Lidador, a Rede Social do Concelho e a Unidade de Saúde Pública de Beja. O patrocínio é da Cooperativa Proletário Alentejano.

 

Hugo Sioga, do Sector de Desporto da autarquia bejense, já apresentou as actividades agendadas para o próximo domingo, no âmbito da iniciativa “Caminhada do Coração”, salientando o facto da "concentração estar marcada para as 09.00 horas, para o Parque da Cidade" e de estar programada para as 11.00 horas "uma mega aula de actividade física". Frisou igualmente que "esta iniciativa tem como principal objectivo sensibilizar para a promoção da saúde, através da realização de actividades físicas".
in Voz da Planicie
Postado por Isa às 15:01
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
| | partilhar
Quarta-feira, 24 de Setembro de 2008

Liga Portuguesa Contra o Cancro: Núcleo de Beja com novas instalações

O Núcleo de Beja do movimento "Vencer é Viver" da Liga Portuguesa Contra o Cancro mudou de instalações. O Núcleo tem agora a sua sede junto às instalações do Centro de Saúde velho, perto do Hospital José Joaquim Fernandes, e é coordenado por Rita Mira Coroa e Bárbara Barão.

"O movimento «Vencer é Viver» tem como finalidade ajudar o paciente a olhar para a doença de uma forma positiva e nas novas instalações as voluntárias estão mais próximas de quem precisa", tal como frisou Maria Guadalupe Macedo. A voluntária deixou também a indicação dos apoios que são prestados no Núcleo, frisando que "as mulheres que sofrem de cancro da mama podem encontrar neste local próteses mamárias e capilares" e que "as voluntárias deslocam-se muitas vezes ao Hospital de Beja, no sentido de ajudarem as mulheres que padecem desta doença, contando as suas experiências pessoais".

O Núcleo de Beja do movimento "Vencer é Viver" da Liga Portuguesa Contra o Cancro", sedeado agora junto às instalações do Centro de Saúde velho, funciona à terça-feira, das 09.00 horas às 12.30 horas, e às quartas-feiras, das 14.00 horas às 17.00 horas.
Postado por Isa às 14:55
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
| | partilhar
Terça-feira, 23 de Setembro de 2008

A Atitude é Tudo!

Na vida temos que ter atitude.
O João era o tipo de homem que qualquer pessoa gostaria de conhecer.
Estava sempre de bom humor e tinha sempre qualquer coisa de positivo para dizer.


Se alguém lhe perguntasse como estava, a resposta seria logo:
- Cada dia melhor ... !!!

Era um gerente especial, os empregados seguiam-no de restaurante em restaurante, só por causa da sua atitude. Era um motivador nato: se um colaborador tinha um mau dia, o João dizia-lhe sempre para ver o lado positivo da situação.


Fiquei tão curioso com o seu estilo de vida. que um dia perguntei-lhe:
- João, como podes ser uma pessoa tão positiva o tempo todo? Como é que consegues isso?
Respondeu-me:
- Cada manhã, ao acordar, digo para mim mesmo: "João, hoje tens duas escolhas, podes ficar de bom humor ou de mau humor, e escolho ficar de bom humor." Cada vez que algo de mau acontece, posso escolher fazer-me de vítima ou aprender alguma coisa com o ocorrido: escolho aprender algo. Sempre que alguém reclama, posso escolher aceitar a reclamação ou mostrar o lado positivo da vida.
Nunca mais me esqueci do que o João me disse, e lembrava-me sempre dele quando fazia uma escolha.


Anos mais tarde soube que o João cometera um erro, deixando pela manhã a porta de serviço aberta, e foi surpreendido por assaltantes.
Dominado, enquanto tentava abrir o cofre, a mão, tremendo com o nervosismo, desfez a combinação do segredo. Os ladrões entraram em pânico, dispararam e atingiram-no.
Por sorte, foi encontrado a tempo de ser socorrido e levado para um hospital.
Depois de 18 horas de cirurgia e semanas de tratamento intensivo, teve alta, ainda com fragmentos de balas alojadas no corpo.


Encontrei-o mais ou menos por acaso passado um tempo, e quando lhe perguntei como estava, logo me respondeu com o seu habitual ar bem disposto:
- Óptimo, se melhorar estraga!

Contou-me o que tinha acontecido, e perguntou se queria ver as suas cicatrizes.
Recusei-me a ver os seus ferimentos, mas perguntei-lhe o que lhe tinha passado pela cabeça na ocasião do assalto.
- A primeira coisa que pensei foi que devia ter trancado a porta das traseiras. Respondeu:
- Então, deitado no chão, ensanguentado, lembrei-me que tinha duas escolhas: poderia viver ou morrer. Escolhi viver!!
- Não tiveste medo? -perguntei
- Olha, os paramédicos foram óptimos, diziam-me que tudo ia dar certo e que eu ia ficar bom. Mas quando cheguei à sala de emergência e vi a expressão dos médicos e enfermeiras, fiquei apavorado: nas expressões deles eu lia claramente: Esse aí já era...
- Decidi que tinha de fazer algo.
- E o que fizeste?? perguntei:


- Bem, havia uma enfermeira que fazia muitas perguntas. Perguntou-me se eu era alérgico a alguma coisa. Eu respondi que sim. Todos pararam para ouvir a minha resposta. Tomei fôlego e gritei: "Sou alérgico a balas!!" Entre a risota geral, disse-lhes: "Eu escolho viver, operem-me como um ser vivo, não como um morto!!"
O João sobreviveu graças à persistência dos médicos, mas, também graças à sua atitude.
Aprendi que todos os dias temos a opção de viver plenamente e tomar decisões, pois serão essas atitudes que trarão benefícios agora e para a eternidade.

Afinal de contas ...
... A ATITUDE É TUDO ...
Postado por Isa às 10:00
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
| | partilhar
Domingo, 21 de Setembro de 2008

O cancro da mama


Uma aclamada jornalista britânica da área da saúde, tratada a cancro da mama, resolveu passar as suas experiências de vida a escrito, na qualidade de doente. O resultado é primoroso, ter um cancro da mama pode ser uma experiência aterradora mas pode, igualmente, transformar-se numa reorganização de vida em que descobrimos uma elevada responsabilidade em saber comunicar aos outros a melhor forma de lidar com a doença (“Compreender o cancro da mama”, por Joy Ogden, Climepsi Editores, 2005).
O cancro da mama abala a feminilidade, pode incendiar a  relação com a família, os amigos, a profissão. A autora, especializada em divulgação na saúde, resolveu disponibilizar a informação essencial e um conjunto de conselhos práticos com todos os aspectos do cancro da mama, organizando a sua mensagem nas seguintes vertentes: opções de tratamento disponíveis; como lidar com o impacto psicológico; o essencial da reconstrução e das próteses mamárias; terapias e regimes alimentares complementares; cancro da mama, gravidez e fertilidade.

Doença de mulheres

O cancro da mama é fundamentalmente uma doença das mulheres, ninguém conhece a sua causa, sabe-se que 80% dos casos ocorrem em mulheres acima dos 50 anos, outro factor de risco bem comprovado é uma exposição prolongada aos estrogénios. Uma das principais atitudes de prevenção é a vigilância dos seios e o diagnóstico oportuno pode ser decisivo.
As mulheres devem tomar consciência da apalpação e a aparência dos seios em diferentes dias do mês, para saberem o que é normal e terem mais probabilidade de reconhecer qualquer mudança.
As associações e instituições de saúde recomendam que se deve estar atento aos sintomas e mudanças que devem ser investigados prontamente: um caroço ou espessamento da mama, um inchaço debaixo do braço, mudança de tamanho ou forma da mama, mudanças no aspecto ou toque da mama, mudanças no aspecto ou toque da pele da mama, por exemplo.
 Quando os caroços se mostram suspeitos, o médico de família irá enviar a doente a um especialista, que fará um diagnóstico depois de ter executado um ou mais exames (palpação, mamografia, ecografia ou biopsia, por exemplo). Os casos mais difíceis têm a ver com o cancro secundário, que se espalhou pelos ossos, fígado, pulmões ou cérebro, é o mais difícil de debelar.
- Segundo o diagnóstico de cancro é quase sempre um trauma, uma ameaça de morte ou uma cirurgia mutiladora. A autora explica como lidar com o cancro da mama, como reagir ao choque e como melhorar a auto-estima, há uma grande diversidade de tácticas psicológicas. O papel da família, amigos e profissionais de saúde tem grande destaque, precisamos sempre de pontos de apoio e de profissionais de saúde que saibam utilizar o bom senso para dar o bem-estar aos doentes.

Opções de tratamento


Terceiro, é importante que quem tenha o cancro da mama possa tomar parte activa na decisão do tratamento que vai receber, conhecer as opções (cirurgia, radioterapia, quimioterapia, terapia hormonal ou imunoterapia).
Os médicos estudam e classificam os tumores de duas maneiras: uma pelo grau, que representa a aparência das células tumorais ao microscópio, indica a velocidade provável que o tumor irá crescer provavelmente; a outra pelo estádio, que é a forma de definir a sua progressão. A comunicação com o médico é fundamental, para se conhecerem as opções da cirurgia.
A autora refere as perguntas que se devem fazer antes da cirurgia e o contexto em que se faz a mastectomia (implica a remoção dos músculos do peito e todos os gânglios linfáticos até à clavícula). As duas mastectomias mais comuns são a simples, em que toda a mama é removida; ou a radical modificada, em que toda a mama é removida juntamente com parte do músculo da parede do peito e alguns ou todos os gânglios linfáticos debaixo do braço.
A mastectomia pode ter vários efeitos secundários, por exemplo, para mulheres com peito grande, pode desequilibrar o peso e dar origem a dores no pescoço e nas costas.

Reconstrução mamária
e uma nova vida

 Quarto: a reconstrução da mama tem o maior interesse para a identidade sexual da mulher e a autora procura responder a questões que tem a ver com a opção em fazer-se a reconstrução, o que são os implantes mamários e como se caracterizam.     
Quinto, o cancro da mama faz emergir angústias que tem a ver com os tratamentos, e por isso a autora explica a radioterapia, a quimioterapia e as terapias hormonais. Dado que muitas mulheres adiam a gravidez até terem 30 e 40 anos, é cada vez maior o número de mulheres que estão grávidas quando descobrem que têm cancro da mama. Explica-se por conseguinte o que é o diagnóstico durante a gravidez, as relações entre fertilidade e tratamento.
- Sexto, depois do cancro da mama ter sido diagnosticado e o tratamento terminado, a vida segue o seu curso. Mas nada será mais como dantes, haverá mudanças, far-se-á a habituação a uma nova imagem corporal, é preciso saber o que se pode fazer para que o doente se proteja da recidiva.
- Sétimo, as terapias complementares têm cada vez mais popularidade, é preciso conhecê-las, bem como os seus limites.

 

Associação de Apoio à Mulher com Cancro

A obra da jkornalista inglesa apresenta 16 perguntas frequentes e um elucidativo glossário.
Ao tempo que este livro foi dado à estampa já existia a Associação Portuguesa de Apoio à Mulher com Cancro da Mama (APAMCM), criada por um grupo interdisciplinar de voluntários profissionais ligados à problemática da patologia mamária.
A associação é pioneira na Europa na prestação de cuidados de saúde ao doente com patologia mamária, por voluntários profissionais. Contactos da APAMCM: Avenida Marechal Craveiro Lopes, 1, 1749-012 Lisboa, telefones 217568911 e217585648 e e-mails: info@apamcm.org; estrutura.formacao@apamcm.org

 

in http://www.soberaniadopovo.pt/portal/index.php?news=8349

 

Postado por Isa às 23:35
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
| | partilhar
Quarta-feira, 17 de Setembro de 2008

Aninha

Hoje a Aninha faz anos.

Há uma ano que começámos a falar...

Tem um dia muito especial...vai comemorando as vitorias...que são sempre saborosas...

Feliz aniversário!

 

 

 

 

http://aninhalourenco.blogspot.com/

 

Postado por Isa às 09:35
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
| | partilhar
Terça-feira, 16 de Setembro de 2008

28 SETEMBRO - TAVIRA - CORRIDA "Sempre Mulher" APAMCM - INSCREVA-SE!

corrida sempre mulher.bmp

Associação Portuguesa de Apoio à Mulher com Cancro da Mama IPSS nº 25/00

contribuinte nº 504337823 Tel 21 7568911 | Fax 21 7568910 |

TM 93 4003230

Av. Marechal Craveiro Lopes, nº 1 (Colégio das Doroteias) 1749-012 Lisboa www.apamcm.org

Postado por Isa às 16:00
link do post | comentar | favorito
| | partilhar

Um Sábado Especial

No sábado tivemos a visita da Nela e da sua família.

Adorámos, falo por mim, e por as outras meninas, pois é sempre bom estar na companhia daquela família fabulosa.

Já andava ameaçando que vinha e veio mesmo...

Almoçamos no Restaurante Espelho de agua, a nossa escolha, visto se situar num local muito aprazível, o parque da Cidade.

Ainda tivemos tempo de beber uma aguinha, antes de almoço no café o Cais, e depois sim, é que se deliciámos com o belo do almoço, vou falar por mim, comi umas belas migas.

Da parte da tarde demos uma volta por algumas ruas da cidade, não deu para visitar tudo, mas já ficaram com uma ideia de como a nossa cidade é pacata, acolhedora, calorenta e com uma pedra da calçada imprópria para saltos agulha...

Umas fotos para recordar o momento...

 

                                      

Postado por Isa às 09:50
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
| | partilhar

.As minhas fotos - Alentejo

.Eu

.Contacto

isabelguerreiro@net.sapo.pt

.links

.posts recentes

. Até sempre...

. Seis recomendações para e...

. Oncologia no Alentejo

. Serpa: Rastreio Cancro da...

. O ultimo

. Venha Correr ou Andar por...

. 4 anos daminha reconstruç...

. "A batalha que nós não es...

. Uma historia de vida, nes...

. Um dia pela Vida...

.arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.favoritos

. Está a chegar o final do ...

. Tia Bia

. Novo passo no tratamento ...

. Avó Nena

. Tia Bia

. Amor

. Mãe

. Pai

. Manas

. Obrigado

.Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.pesquisar

 
Todos os artigos e matérias publicadas neste blog, bem como as informações sobre procedimentos de exames e diagnósticos aqui inseridos, têm carácter estritamente informativo e não devem ser utilizadas de forma alguma para a realização de auto-diagnóstico, auto-tratamento e ou auto-medicação. Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

.últ. comentários

Tudo graças ao th melhor herbalist no mundo, eu te...
boa tarde, tenho uma amiga que acho que vai fazer ...
O seu blog e muito interessante com muitos conteud...
Tambem quis comprar e nao achei! A editora ja nao ...
Obrigado pela informação publicada :-)Bem-hajaJN
Prima, fiquei emocionada com o teu testemunho.Semp...
Olá, boa noite descobri o vosso blog por acaso,mas...
Excelente informaçao . Tenta neste site que os adv...
OláEncontrei por acaso o seu blog.Tive uma experiê...
Obrigada pelos esclarecimentos e palavras de apoio...

.mais comentados

44 comentários
28 comentários
25 comentários
24 comentários
23 comentários

.Visitas

.tags

. todas as tags