"Sair de um blog sem comentar é como visitar alguém e ir embora sem se despedir..."
Sexta-feira, 8 de Outubro de 2010

Ferreira do Alentejo: Recebe unidade móvel da Liga Portuguesa Contra o Cancro

O concelho de Ferreira do Alentejo recebe, a partir de hoje e até 12 de Novembro, uma unidade móvel da Liga Portuguesa Contra o Cancro,  para proceder ao rastreio do cancro da mama, nas mulheres com idades compreendidas entre os 45 e os 69 anos.

 

A unidade não se limitará à vila de Ferreira do Alentejo, na medida em que vai deslocar-se também a Figueira de Cavaleiros, onde vai ficar a partir de amanhã e até ao próximo dia 14, visita Alfundão de 18 a 21 deste mês, seguindo depois para a vila de Ferreira do Alentejo, onde permanecerá até 12 de Novembro.

 

O rastreio no concelho de Ferreira do Alentejo, em estreita colaboração com a Câmara Municipal, juntas de freguesia e autoridades de saúde pública, é efectuado de segunda a quinta-feira, durante o dia, e à sexta de manhã.

 

Fonte: Rádio Voz da Planície

Postado por Isa às 10:20
link do post | comentar | favorito
| | partilhar
Segunda-feira, 22 de Outubro de 2007

Vamos lá mudar esta tendência...minhas senhoras...

Cancro da mama: Quase 40% das mulheres faltam ao exame

Quase 40% das mulheres que são convocadas para um rastreio do cancro da mama pela Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) não realizam o exame, apesar de esta iniciativa contribuir para a redução da mortalidade.

Vítor Rodrigues, coordenador nacional do Programa de Rastreio da LPCC, explicou à agência Lusa que 62,8 por cento das mulheres que recebem a convocatória fazem o rastreio, o que coloca Portugal ao nível da média europeia.

«Estamos infelizmente ao nível da média, e digo infelizmente porque a média é relativamente baixa», comentou.

De acordo com trabalhos científicos realizados na Europa, uma taxa de participação nos rastreios de 60 por cento reduz a mortalidade em cerca de um terço.

A Liga desconhece os motivos que levam cerca de duas em cada cinco mulheres a não participar no rastreio, mas enumera algumas possibilidades: por já terem feito mamografias num médico particular, por estarem já em tratamento oncológico ou simplesmente por não estarem interessadas em fazê-lo.

Para melhorar a qualidade dos seus rastreios, a LPCC alterou a tecnologia das suas mamografias, substituindo o método analógico pelo digital.

A partir de agora, a mamografia é visualizada directamente em computador, o que permite acabar com as películas usadas habitualmente e possibilita a armazenagem dos exames em disco rígido.

Apesar de não ter uma influência significativa na detecção de casos de cancro, o método digital permite diminuir o número de mulheres que são chamadas a uma consulta clínica.

Isto porque o radiologista passa a ter a capacidade de manipular a imagem no computador, diminuindo os casos em que surge uma dúvida e a mulher é chamada ao médico ou a repetir o exame.

Poderá também haver um aumento dos cancros detectados, mas Vítor Rodrigues considera que será uma diferença marginal.

Outra das vantagens é permitir a realização de mais mamografias por dia, porque a tecnologia digital faz com que o exame seja mais rápido.

Para colocar esta tecnologia em todas as suas 20 unidades móveis e nas seis fixas, a LPCC investiu quatro milhões de euros.

Até hoje, a Liga já fez mais de um milhão de mamografias, rastreando cerca de 450 mil mulheres.

O Programa de Rastreio cobre já toda a Região Centro, Portalegre, Évora, Beja, Bragança, Viana do castelo, Santarém, Região Autónoma da Madeira e está a dar os primeiros passos em Setúbal.

Diário Digital / Lusa

Postado por Isa às 17:41
link do post | comentar | favorito
| | partilhar
Segunda-feira, 16 de Julho de 2007

Moura: rastreio de cancro da mama

As mulheres do concelho de Moura, com idade compreendida entre os 45 e os 69 anos, estão “convidadas” a participar no rastreio do cancro da mama que a Liga Portuguesa Contra o Cancro está a promover, neste concelho, até ao dia 12 de Setembro.

O objectivo deste rastreio, que está integrado no Plano Oncológico Nacional e no Programa Europeu Contra o Cancro, é detectar o mais precocemente possível o cancro da mama aumentando assim as possibilidades de cura e de sobrevivência.

O exame, feito gratuitamente por técnicas credenciadas em radiologia, será depois avaliado por uma equipa de médicos que fará os respectivos relatórios.

A participação neste rastreio, que pode ser feito numa Unidade Móvel estacionada junto ao Centro de Saúde de Moura, é muito importante porque o diagnóstico precoce pode fazer a diferença.
in rádio Voz da planicie
*****
Concordo com os rasteios, mas a falar por mim, e por muitas amigas que conheço, o rastreio não devia ser entre os 45 e os 69....acho muito tarde...já aprendi que não há idade para o cancro da mama, cada vez está a aparecer mais cedo...
Tenho amigas no mundo virtual, que podem confirmar, quase todas nos apareceu antes dos 40, eu tinha 35...
Acho que as coisas tem que mudar em relação a isto
Postado por Isa às 10:56
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
| | partilhar
Sexta-feira, 1 de Junho de 2007

FORMAS DE RASTREIO

Alguns tipos de cancro podem ser detectados antes de causarem problemas. Fazer exames para despiste do cancro, ou de alguma condição que possa levar a cancro, em pessoas que não têm sintomas, chama-se rastreio.

O rastreio pode ajudar o médico a encontrar e tratar, precocemente, alguns tipos de tumores. Geralmente, o tratamento para o cancro é mais eficaz quando a doença é detectada cedo, ou seja, ainda em fase precoce.

Os exames de rastreio são muito usados para despistar o cancro da mama, do colo do útero, do cólon e do recto:

  • Mama: a mamografia é a melhor forma para detectar o tumor em estadio inicial. A mamografia é uma imagem da mama, feita com raios-X. É recomendável que as mulheres, a partir dos 40 anos, façam uma mamografia anual ou de 2 em 2 anos; mulheres que tenham risco aumentado para ter cancro da mama, devem falar com o médico para saber qual a frequência com que devem fazer a mamografia.
  • Colo do útero: o teste de Papanicolau , também chamado de esfregaço do colo do útero ou do cérvix, é usado para observar as células do colo do útero. Num laboratório é, então, feito o rastreio de células cancerígenas ou de alterações que possam levar a cancro, incluindo alterações causadas pelo papiloma vírus humano (factor de risco mais importante para cancro do colo do útero). O Pap teste deverá ser repetido, pelo menos, uma vez de 3 em 3 anos.
  • Cólon e recto: são usados vários testes de rastreio para detectar polipos (massas), tumores, ou outras alterações no cólon e no recto. A partir dos 50 anos, deverá ser feito o despiste do cancro do cólon e recto. Se tiver risco aumentado de ter cancro do cólon e recto, deve falar com o médico, para saber qual a frequência com que deve fazer os exames de rastreio.
    1. Sangue oculto nas fezes: por vezes, o tumor ou os polipos sangram. Esta análise permite detectar pequenas quantidades de sangue nas fezes.
    2. Sigmoidoscopia: recorrendo a um tubo flexível com luz e com uma câmara na extremidade, chamado sigmoidoscópio, o médico observa as paredes interiores do recto e a parte baixa do cólon; permite fazer biópsias e, regra geral, os polipos podem ser removidos através deste tubo.
    3. Colonoscopia: usando um tubo longo flexível iluminado, chamado colonoscópio, cuja luz se transmite até à ponta distal do aparelho, e onde existe um sistema de câmara que capta a imagem e envia para um monitor, o médico pode observar internamente o recto e todo o cólon (direito e esquerdo). Permite fazer biópsias e, regra geral, os polipos podem ser removidos através deste tubo.
    4. Clister opaco de duplo-contraste: este exame radiológico é efectuado por injecção de uma solução de bário, através do recto; em seguida, é bombeado ar para dentro do recto: o bário e o ar melhoram as imagens de raios-X do cólon e do recto.
    5. Toque rectal: um exame rectal faz, geralmente, parte de um exame físico de rotina. O médico, depois de calçar umas luvas, insere um dedo lubrificado no recto; este exame permite detectar se há dor, sangue ou alterações no ânus (parte distal do recto) - só permite examinar a parte inferior do recto.

Adicionalmente, poderá ter ouvido falar de outros exames, utilizados para excluir a possibilidade de ter cancro noutras partes do corpo. Nesta altura, não se sabe se o rastreio de rotina com esses testes é, realmente, eficaz e se permite salvar vidas. No entanto, a investigação continua, para se saber mais acerca do rastreio dos cancros da mama, do colo do útero, do cólon, do pulmão, dos ovários, da próstata e da pele.

O médico, antes de sugerir um exame de rastreio, considera diversos factores, relacionados com o teste e com o tumor que esse teste pode detectar. É, ainda, dada especial atenção ao risco pessoal para desenvolver certos tipos de tumores. Exemplo de factores a considerar: idade, história clínica, saúde geral, história familiar e estilo de vida. O médico deve, ainda, ter em conta a precisão do teste, os possíveis efeitos nocivos do próprio teste, o risco dos exames clínicos de seguimento ou da cirurgia que a pessoa possa ter que fazer, para verificar se o resultado anómalo de um teste significa a presença de um tumor. São, ainda, considerados os riscos e benefícios do tratamento, caso os testes detectem um tumor e ainda se o tratamento é eficaz naquela situação e quais os efeitos secundários que origina.

Deve falar com o médico acerca dos possíveis benefícios e riscos de fazer o despiste de qualquer tipo de cancro. A decisão de fazer o rastreio, bem como outras decisões médicas, é pessoal; só deverá decidir depois de se ter informado acerca dos prós e contras do rastreio.

Relativamente ao rastreio, poderá colocar algumas questões ao médico:

  • Que exames são recomendados na minha situação?
  • Quanto custam os exames médicos? Será que o meu seguro médico vai comparticipar os exames de rastreio?
  • Os exames vão doer? Existem riscos?
  • Quanto tempo depois de fazer os exames saberei os resultados?
  • Se os resultados apresentarem um problema, como é que o médico vai saber se eu tenho cancro?
tags:
Postado por Isa às 15:22
link do post | comentar | favorito
| | partilhar

.As minhas fotos - Alentejo

.Eu

.Contacto

isabelguerreiro@net.sapo.pt

.links

.posts recentes

. Ferreira do Alentejo: Rec...

. Vamos lá mudar esta tendê...

. Moura: rastreio de cancro...

. FORMAS DE RASTREIO

.arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.favoritos

. Está a chegar o final do ...

. Tia Bia

. Novo passo no tratamento ...

. Avó Nena

. Tia Bia

. Amor

. Mãe

. Pai

. Manas

. Obrigado

.Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.pesquisar

 
Todos os artigos e matérias publicadas neste blog, bem como as informações sobre procedimentos de exames e diagnósticos aqui inseridos, têm carácter estritamente informativo e não devem ser utilizadas de forma alguma para a realização de auto-diagnóstico, auto-tratamento e ou auto-medicação. Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

.últ. comentários

As lojas Ortopédicas da Universo Senior no Colombo...
Tudo graças ao th melhor herbalist no mundo, eu te...
boa tarde, tenho uma amiga que acho que vai fazer ...
O seu blog e muito interessante com muitos conteud...
Tambem quis comprar e nao achei! A editora ja nao ...
Obrigado pela informação publicada :-)Bem-hajaJN
Prima, fiquei emocionada com o teu testemunho.Semp...
Olá, boa noite descobri o vosso blog por acaso,mas...
Excelente informaçao . Tenta neste site que os adv...
OláEncontrei por acaso o seu blog.Tive uma experiê...

.mais comentados

.Visitas

.tags

. todas as tags