"Sair de um blog sem comentar é como visitar alguém e ir embora sem se despedir..."
Quarta-feira, 30 de Maio de 2007

Mais um site com muita informação

 http://www.infocancro.com/

 

 

Desde o inicio me disseram que temos que saber filtrar a informação que obtemos na net, nem tudo que lemos, nos vai acontecer ou é igual em nós, há que estar atento, mas não fazer disso uma informação que ainda piore o nosso estado de espírito.

 

 

Postado por Isa às 16:37
link | comentar | favorito
partilhar

Vencer e Viver - Beja

Grupo de Apoio Beja do Núcleo Regional do Sul

Contacto telefónico:

284.322144

 

Postado por Isa às 14:54
link | comentar | favorito
partilhar

Enfrentar a doença

Cada mulher reage de forma diferente a um diagnóstico de cancro de mama. Não há simplesmente nenhuma fórmula universal para enfrentar a doença. É algo que só individualmente se pode construir. Trabalhamos com mulheres mastectomizadas há muitos anos, e por isso talvez lhe possamos dar algum conselho para a ajudar a enfrentar o problema.

 

Deixe os seus sentimentos fluir

Um diagnóstico de cancro de mama muda a percepção de tempo. Muitas mulheres são invadidas por perguntas como "porquê a mim?" ou "o que fiz eu de mal?”. Este sentimento aumenta a pressão emocional.

Nesta altura, é importante deixar fluir os seus sentimentos. Ceda ao desejo de chorar e solte a sua raiva e cólera reprimida sobre a doença. Expressar as suas emoções far-lhe-á bem e pode-lhe dar uma nova energia para lidar com a doença

Conversar ajuda

Conversar sobre os problemas, a doença e os temores é quase sempre útil. O seu marido, um amigo próximo, ou alguém que também tenha sido operada ao peito poderão ter um papel vital como ouvintes compreensivos. O mais importante é estar genuinamente preparada para partilhar e falar abertamente sobre os sentimentos, frequentemente contraditórios e confusos.

Às vezes, as pessoas que você conhece melhor não são necessariamente os ouvintes correctos. Pode ser melhor conversar com alguém que não está directamente envolvido.

O relacionamento, a família e amigos

Por favor não pense que você necessita de "proteger" da doença, o seu marido, as crianças, nem os amigos. Em vez disso, lembre-se: o seu parceiro está preocupado e provavelmente tem muitas perguntas. As suas crianças, mesmo que ainda não compreendam, também notarão as mudanças acontecer. Se evita falar sobre a doença, abre a porta aos temores e ansiedades. Tente conversar sobre os seus sentimentos. Uma conversa sincera com quem lhe é próximo pode ajudar todos a  enfrentar a nova situação.

Um toque macio

Quanto mais abertos forem um com o outro, maior será o entendimento e confiança entre você e o seu companheiro - tanto na sua relação pessoal como sexual. Ainda que haja menos desejo para intimidade sexual, isso não quer dizer que deva evitar contacto físico. Para muitas pessoas, uma doença aumenta o desejo de ser amparado e sentir-se amado. Mais do que nunca, ternura, calor e segurança são extremamente importantes para você e o seu companheiro.
Alguns conselhos para enfrentar a doença: • Rodeie-se de pessoas da sua confiança e de cuja companhia você verdadeiramente gosta • Converse abertamente sobre as suas ansiedades e problemas • Concentre-se nas coisas que gosta de fazer • Use cores alegres e gaste algum tempo fazendo compras • Torne-se consciente dos prazeres simples da vida • Escolha lingerie atraente • Fique receptiva à ternura e ao amor.

in http://www.amoena.pt

 

 

Postado por Isa às 12:15
link | comentar | ver comentários (3) | favorito
partilhar

Grupos de apoio ao cancro da mama

LPPC - Liga Portuguesa Contra o Cancro
http://www.ligacontracancro.pt/

APAMCM - Asso.Portuguesa de Apoio à Mulher com Cancro da Mama
http://www.apamcm.com.pt/

Associação Oncológica do Algarve
http://www.aoa.pt

Sempre Mulher
www.sempremulher.net

Viva Mulher Viva

http://www.vivamulherviva.cjb.net/

Vencer e Viver

http://www.vencerviver.dpp.pt/

Sociedade Portuguesa de Senologia

http://www.spsenologia.pt/

Associação Laço

 

http://www.laco.pt/
Postado por Isa às 12:06
link | comentar | favorito
partilhar

Fatos de banho e biquinis

As férias à porta e ainda não tenho fato de banho, já fiz uma pesquisa na net , mas deparo-me com fatos de banho caríssimos ...

e eu com alguns 10 biquínis bem escondidinhos...Ainda ontem me deram um, um amigo meu que foi ao Brasil o ano passado e ainda não me o tinha entregado, escusado será dizer que é lindo, mas a parte de cima...falta-lhe pano....um dia poderei vesti-lo, este ano ainda não...

 

Vou deixar aqui a página da net , onde encontrei os fatos de banho e biquínis para mastectomizadas.

 

http ::// www.amoena.pt

Revendedores

PORTO

José Cotta - SA

R Prof. Correia de Araújo 723

4200-205 PORTO

Tel: 22 550 58 55

Atendimento personalizado por marcação

Contacto: D. Magda

 

COIMBRA

Ortopedia Alvalan, Lda

Av Emidio Navarro 66

3000-150 COIMBRA

Tel: 239 82 45 12

 

 

FARO

Euroimplante

Rua do Pé da Cruz 14-A.

8000-404 FARO

Tel: 289 86 48 96

 

Postado por Isa às 11:41
link | comentar | ver comentários (1) | favorito
partilhar

O nosso mundo

A percepção que temos das coisas cria a nossa realidade, o nosso mundo... quando mudamos o ângulo a partir do qual olhamos para o mundo, a nossa percepção também muda; e quando mudamos a nossa percepção, a nossa realidade transforma-se. O mesmo pode acontecer no caso da doença e temos o potencial para transformar qualquer situação difícil numa aprendizagem pessoal e benéfica para todos.   

in Site http://estadoenteparabens.com.sapo.pt

tags: ,
Postado por Isa às 11:36
link | comentar | favorito
partilhar

Blog

Criei este blog, na expectativa de desabafar, trocar experiências e informações.

Já aprendi que a troca de experiências nesta doença (cancro da mama) é muito valiosa, o passa palavra de como em certas e determinadas situações devemos proceder, não só a nível da cura, mas também em termos legais, os nosso direitos.

Neste momento estou a fazer um tratamento de prevenção, de 3 em 3 semanas durante um ano, foi-me diagnosticado cancro da mama em Janeiro de 2006, claro que reagi como toda a gente nesta situação, achei que o mundo me tinha caído em cima, mas todos os dias são dias da nossa vida, e como tal, fui aprendendo a viver com o medo dos exames, da doença, da cura...passei por 8 tratamentos de quimioterapia, operação e 30 sessões de radioterapia...em Novembro de 2006 já falava da doença. como algo mau, mas do passado...tinha muita fé e esperança, que tenha sido só mesmo uma fase e que consiga retomar a minha vida onde ela tinha parado e ser muito feliz com os que me rodeiam.

 

 

Postado por Isa às 10:48
link | comentar | ver comentários (5) | favorito
partilhar

.Eu

.Contacto

isabelguerreiro@net.sapo.pt

.links

.posts recentes

. Até sempre...

. Seis recomendações para e...

. Oncologia no Alentejo

. Serpa: Rastreio Cancro da...

. O ultimo

. Venha Correr ou Andar por...

. 4 anos daminha reconstruç...

. "A batalha que nós não es...

. Uma historia de vida, nes...

. Um dia pela Vida...

.arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.favoritos

. Está a chegar o final do ...

. Tia Bia

. Novo passo no tratamento ...

. Avó Nena

. Tia Bia

. Amor

. Mãe

. Pai

. Manas

. Obrigado

.Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.pesquisar

 
Todos os artigos e matérias publicadas neste blog, bem como as informações sobre procedimentos de exames e diagnósticos aqui inseridos, têm carácter estritamente informativo e não devem ser utilizadas de forma alguma para a realização de auto-diagnóstico, auto-tratamento e ou auto-medicação. Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

.últ. comentários

Boa tarde, onde se encontra um médico especialista...
Eu gosto do jeito que você escreve
Eu gosto de seu pensamento e sua maneira de escrev...
Gostaria de saber se alguém tem conhecimento de se...
Boa tarde,Por acaso estou a passar pela situação e...
Bom dia gostaria de saber uma informação como sou ...
Tenho linfoma cutâneo doença crônica e sem cura , ...
tumor benigno na cabeca do colo do femur. grau de ...
https://escritosdispersos.blogs.sapo.pt/222610.htm...
No processo de revisão ou reavaliação, o grau de ...

.mais comentados

44 comentários
28 comentários
25 comentários
24 comentários
23 comentários

.tags

. todas as tags