"Sair de um blog sem comentar é como visitar alguém e ir embora sem se despedir..."
Sexta-feira, 23 de Outubro de 2009

Reportagem - "Cancro da Mama": IPO no Porto - Praça da Alegria

 

 

Postado por Isa às 17:21
link | comentar | ver comentários (1) | favorito
partilhar
Quinta-feira, 22 de Outubro de 2009

Parabéns Bruna

 

 

 

 

Bruna, 

Meu sentimento é

Infinito como as estrelas...
Forte como o sol...
Minha querida sobrinha...
Hoje quero-te desejar ..
Muito amor, carinho, alegrias e saúde...

Muita saúde...
Que Deus ilumine os teus passos...
Aqui deixo o meu carinho por ti...
O meu abraço..( e tão bom ter-te ao colo)

Parabéns!!!
Feliz aniversário...

 

Postado por Isa às 10:19
link | comentar | ver comentários (7) | favorito
partilhar
Quarta-feira, 21 de Outubro de 2009

100 000 visitantes

Cheguei as 100 000 visitas e não dei conta se não agora.

Obrigada a todos os meus visitantes, por passarem no meu cantinho de luz, e me deixarem uma palavra de esperança, vida, coragem, luta, obrigada por fazerem parte do meu mundo, obrigada pela partilha.

 

Postado por Isa às 10:37
link | comentar | ver comentários (14) | favorito
partilhar
Terça-feira, 20 de Outubro de 2009

Estudo sugere que mãe pode passar cancro a bebé no útero

Em casos raros, células cancerosas da mãe podem atravessar a placenta e «infectar» bebés saudáveis ainda no útero materno, de acordo com um novo estudo do Instituto de Pesquisa do Cancro da Grã-Bretanha.

O estudo foi publicado na última edição da revista médica Proceedings of the National Academy of Sciences e prova que em pelo menos um caso, o sistema imunológico do bebé não foi capaz de evitar o contágio das células cancerosas de leucemia.

Este tipo de «infecção» é objecto de estudos médicos há mais de cem anos, e acreditava-se que as defesas imunes do bebé fossem capazes de destruir as células doentes que porventura atravessassem a placenta. No entanto, existem 17 casos documentados de mães e filhos que parecem ser vítimas do mesmo cancro: leucemia ou melanoma.

O estudo recém-publicado examina o caso de uma japonesa e do seu bebé, ambos com leucemia. Através de sofisticadas técnicas de identificação genética, os especialistas chegaram à conclusão de que o cancro da criança foi passado pela mãe - as células tinham uma mutação genética cancerosa idêntica.

Os investigadores também teriam conseguido comprovar que esse gene não poderia ter sido herdado da mãe, ou seja, o bebé não teria desenvolvido leucemia se tivesse crescido isolado da mãe.

Os cientistas também tentaram entender por que o sistema imunológico da criança não reconheceu as células cancerosas como ameaça e, por isso, não as destruiu. A resposta, segundo a pesquisa, estaria na ausência de determinado material genético nas células cancerosas que seria essencial para a identificação delas por parte do sistema imunológico da criança.

Mel Greaves, que coordenou a equipa de investigação, ressaltou que a transferência de cancro de mãe para filho é extremamente rara.

 

Fonte: Sapo Saude
_______

 

Sabia que podia haver risco, mas é sempre triste conhecer o estudo.

Enfim, mas são raros os casos.

Postado por Isa às 08:19
link | comentar | ver comentários (5) | favorito
partilhar
Segunda-feira, 19 de Outubro de 2009

IPO terá Centro de Cuidados Paliativos para 700 utentes

 

 

A assinatura de uma Carta de Compromisso entre o Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa e a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) marcou o primeiro passo, na passada quinta-feira, no planeamento e programação do Centro Piloto de Cuidados Paliativos que será criado no Serviço de Oncologia Médica do IPO, em Lisboa, avança o Jornal de Notícias.

 

O presidente do Conselho de Administração do IPO, Francisco Matoso, aponta a “grande necessidade” deste projecto que irá implicar uma “reorganização física” daquele espaço. “O objectivo essencial é melhorar a qualidade do tratamento dos nossos doentes e de trabalho dos nossos profissionais”, apontou, salientando que esta nova unidade deverá poder tratar uma média de 700 doentes do IPO por ano.

 

Sem orçamento à vista, mas apontando-se já para os milhares de euros, a nova unidade funcionará em conjunto com outros centros de saúde que tenham unidades de Cuidados Continuados Integrados. Para o presidente do Conselho Directivo da ARSLVT, Rui Portugal, este projecto de cariz “integrado” vai permitir um serviço de “maior proximidade à população”, respondendo melhor a estas necessidades.

 

Apoio domiciliário

 

O centro piloto irá assegurar cuidados médicos, de enfermagem e fisioterapia, além de acompanhamentos psicológico e social. Prevê-se ainda uma unidade de dia, uma equipa intra-hospitalar de suporte em cuidados paliativos e equipas de apoio domiciliário, para as quais Francisco Matoso anunciou já que será preciso um reforço de profissionais.

 

Além disso, o IPO pretende tornar-se num centro de formação interna e externa de referência a nível nacional e serão desenvolvidos também projectos de investigação na área dos cuidados paliativos.

 

O financiamento desta iniciativa está a cargo da Unidade de Missão de Cuidados Continuados Integrados. Aponta-se que a unidade possa começar a funcionar para o ano.

 
Fonte: POP
 
Postado por Isa às 11:42
link | comentar | ver comentários (4) | favorito
partilhar
Sexta-feira, 16 de Outubro de 2009

Parabéns Imel

Olá Isa

O mês de Outubro é fértil em aniversários, eu por aqui também tenho muitos, mas falando de ti amiga, tenho saudades.

Um beijinho de parabéns, conta muitos cheios de felicidade.

Tem um lindo dia...

 

 

Postado por Isa às 08:55
link | comentar | ver comentários (9) | favorito
partilhar
Quinta-feira, 15 de Outubro de 2009

Mastectomia não é primeira escolha para a maioria das doentes

A maioria das mulheres diagnosticadas com cancro da mama não opta pela mastectomia como primeira escolha para o tratamento da doença, escolhendo abordagens mais conservadoras como a lumpectomia (tumorectomia) que remove apenas o tumor, revela um novo estudo avançado pelo site HealthDay.

 

Os investigadores descobriram que as muitas mulheres que optam por uma mastectomia em vez da cirurgia conservadora fazem-no devido a preferências pessoais (9%) e porque há a crença que a mastectomia dificulta a recorrência da doença.

 

No entanto, "as hipóteses de sobrevivência ao cancro da mama são as mesmas se se realizar uma lumpectomia ou uma mastectomia", observou a principal autora do estudo, Dr. Monica Morrow do Memorial Sloan-Kettering Cancer Center, em Nova Iorque.

 

Os investigadores estudaram o tema porque tem havido a ideia de que as mulheres têm realizado mastectomias desnecessárias, quando a cirurgia conservadora podia ser uma opção.

 

75% optou por cirurgia conservadora

 

A equipa analisou dados do National Cancer Institute de 1.984 mulheres com cancro da mama em fase I ou II.

 

A maioria das mulheres – 75% – escolheu cirurgia conservadora inicialmente. De acordo com Morrow, algumas mulheres acabaram por fazer uma mastectomia, mas estas tinham normalmente tumores de maior dimensão e de fase II.

 

Das mulheres que se submeteram logo à mastectomia, muitas conseguiam identificar o motivo pelo qual esta era a melhor opção para elas, sugerindo que foi algo discutido com os seus médicos.

 

Cerca de 38% das mulheres que foram submetidos a uma lumpectomia necessitaram de cirurgia adicional, segundo o estudo publicado no jornal da Associação Médica Americana.

 
 
in POP
 
____
Dados interessantes, eu fiz mastectomia, pois o médico deu-me a optar, mas também me explicou que podia ser mais perigoso não a fazer.
O meu cancro tinha 3 cm, diminuindo para 0,7 mm, depois da quimio, o que penso que era fase I.
Será que podia só ter tirado o cancro, ele estava localizado por trás do mamilo teria sempre que ir para a cirurgia de reconstrução.
Enfim, tá feito...e espero somente nunca mais me cruzar na minha vida com o cancro nem nada semelhante...
Postado por Isa às 15:57
link | comentar | ver comentários (5) | favorito
partilhar

.Eu

.Contacto

isabelguerreiro@net.sapo.pt

.links

.posts recentes

. Até sempre...

. Seis recomendações para e...

. Oncologia no Alentejo

. Serpa: Rastreio Cancro da...

. O ultimo

. Venha Correr ou Andar por...

. 4 anos daminha reconstruç...

. "A batalha que nós não es...

. Uma historia de vida, nes...

. Um dia pela Vida...

.arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.favoritos

. Está a chegar o final do ...

. Tia Bia

. Novo passo no tratamento ...

. Avó Nena

. Tia Bia

. Amor

. Mãe

. Pai

. Manas

. Obrigado

.Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.pesquisar

 
Todos os artigos e matérias publicadas neste blog, bem como as informações sobre procedimentos de exames e diagnósticos aqui inseridos, têm carácter estritamente informativo e não devem ser utilizadas de forma alguma para a realização de auto-diagnóstico, auto-tratamento e ou auto-medicação. Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

.últ. comentários

Eu gosto do jeito que você escreve
Eu gosto de seu pensamento e sua maneira de escrev...
Gostaria de saber se alguém tem conhecimento de se...
Boa tarde,Por acaso estou a passar pela situação e...
Bom dia gostaria de saber uma informação como sou ...
Tenho linfoma cutâneo doença crônica e sem cura , ...
tumor benigno na cabeca do colo do femur. grau de ...
https://escritosdispersos.blogs.sapo.pt/222610.htm...
No processo de revisão ou reavaliação, o grau de ...
Aconselho todas as pessoas que se sintam injustiça...

.mais comentados

44 comentários
28 comentários
25 comentários
24 comentários
23 comentários

.tags

. todas as tags