"Sair de um blog sem comentar é como visitar alguém e ir embora sem se despedir..."
Quarta-feira, 25 de Novembro de 2009

O Postiço - Cabeleiras oncológicas

 

Falando com uma amiga, a Isabel, sobre próteses capilares, ela falou-me de umas próteses fixas que eu desconhecia, e como nós mulheres gostamos de estar sempre bonitas independentemente de estarmos doentes ou não e a informação é para ser partilhada aqui fica um site interessante sobre o tema.



http://opostico.com/


Um novo conceito de sistema capilar que permite manter a mesma qualidade de vida, podendo dormir, tomar banho e praticar qualquer tipo de desporto sem receio de modificar a sua imagem.



Contactos:



O POSTIÇO

Maria do Sameiro Pereira Braga

Rua Marcelino Sá Pires
Edifício Muralha nº 29
4700-924 Braga Portugal

tlf. (+351) 253 107 664
tlm. (+351) 933 501 928

e-mail opostico@opostico.com
 

sinto-me:
Postado por Isa às 10:52
link | comentar | ver comentários (6) | favorito
partilhar
Terça-feira, 24 de Novembro de 2009

5 Revelações

 

 


A Aldinha do blog Viver outra vez lançou-me este desafio, completar as 5 frases que se seguem...


Eu já tive... muito medo...


Eu nunca...  digo nunca e sempre quando falo no futuro


Eu sei... lá (um livro que li em tempos)

Eu quero .... ter muita saúde assim como a minha familia

Eu sonho ...com dias melhores a cada manhã

E... segundo diz, tenho que passar a 10, e estes valem a pena ...!
 

Não é que não conheça 10 blogs que valham a pena, que não vou indicar nenhum, é so porque agora não tenho tempo, mas assim que tiver menciono.

Postado por Isa às 12:23
link | comentar | ver comentários (1) | favorito
partilhar
Segunda-feira, 23 de Novembro de 2009

Living Proof

 

Recomendado pela Maguie, sábado à noite tive a ver o filme Living Proof.

 

Ficamos com a noção da batalha árdua que o Drº Slamon teve pela frente quando descobriu o Herceptin, o qual muito agradeço, pois fiz o tratamento durante um ano.

 

O Herceptin, é um tratamento para um tipo de Cancro da mama, o HR2 positivo (que foi o meu) que fiquei a saber que foi descoberto em 1997, 10 anos depois, estava eu a fazer o tratamento que apelidaram de um tratamento novo, possivelmente em Portugal, visto ter 10 anos.

 

Na altura que fiz o tratamento, não sabia muito bem o que era, só uma pessoa cá em Beja, é que estava a fazer, e tinha começado a fazer havia pouco tempo, aliás, levava um tratamento à minha frente.

 

Realmente este filme retrata e muito bem o que é o tratamento e dá oportunidade a quem vai fazer o Herceptin de se inteirar do que é que consta.

 

 

 

Titulo original: Living Proof

Titulo traduzido: Uma chance para viver

 

Sinopse:

Um filme baseado numa história verdadeira .  Dr. Dennis Slamon (Harry Connick Jr.) é um médico que ajuda a desenvolver uma droga experimental chamada Herceptin, um possivél tratamento revolucionário na luta contra o cancro da mama. No entanto, quando o financiamento para seu projeto é cortado, os filantropos Lilly Tartikoff e Ron Perelman ajudam o trabalho mais importante da vida do médico a tornar-se realidade. Com a ajuda de seus novos financiadores, Slamon continua a aperfeiçoar o tratamento, mas, apesar de sua nova droga ter a habilidade de garantir a vida, ela não funciona em todos os casos. Esta história verdadeira  mostra a difícil luta de um médico para encontrar o tratamento para o cancro, tentando salvar milhares de vidas e ao mesmo tempo dar sentido à  sua própria vida.
 

 

 

Falei aqui neste filme: http://umaluznaescuridao.blogs.sapo.pt/113960.html

Postado por Isa às 15:10
link | comentar | ver comentários (4) | favorito
partilhar
Sexta-feira, 20 de Novembro de 2009

IPO de Lisboa adere às redes sociais

A partir de agora, é possível acompanhar as actividades do Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa nas redes sociais, incluindo Facebook, Twitter, Flyrk, Myspace e Youtube, segundo o site da instituição.



O IPO de Lisboa, enquanto centro oncológico multidisciplinar de referência para a prestação de serviços de saúde no domínio da Oncologia, com actividade nas áreas de investigação, ensino, prevenção, diagnóstico, tratamento e reabilitação, aderiu às redes sociais para partilhar a sua actividade de uma forma mais diversificada.



O desenvolvimento das redes sociais tem vindo a ser acompanhado pelo IPO de Lisboa, tendo considerado importante a sua presença num espaço de informação com crescente utilização por parte dos utilizadores portugueses.



Fonte: POP
Postado por Isa às 10:47
link | comentar | ver comentários (7) | favorito
partilhar
Quinta-feira, 19 de Novembro de 2009

Consulta de risco familiar no IPO salva vidas

São cada vez mais as pessoas que recorrem à consulta de risco familiar no IPO, em Lisboa. Para evitar o cancro, fazem-se exames genéticos que permitem descobrir alterações hereditárias que potenciam o aparecimento da doença. Um trabalho de intervenção junto de famílias vítimas de cancro que pode ajudar a evitar o desenvolvimento da doença, avança o PortugalDiário.
 
É o caso de Lúcia, que depois de ter cancro da mama aos 32 anos, retirou o outro peito para prevenir o regresso da doença. A sobrevivente está a ajudar a sua família a gerir o risco para evitar que sofram um dia da mesma doença. Uma prevenção possível graças aos exames genéticos.


Esta é uma intervenção na saúde que ainda é muito discriminada e incompreendida.


“Os utentes que vêm beneficiar desta intervenção da saúde, justificam no local de trabalho que se deslocaram a uma unidade hospitalar. O que acontece é que são vistos aos olhos da entidade patronal como estando doentes e numa situação de precariedade laboral tem levado a que não seja renovado o contrato de trabalho”, refere a assistente social Cristina de Freitas.


No IPO de Lisboa funcionam duas consultas de risco familiar que têm salvo vidas: a do cancro da mama e ovário e a do cólon e recto.

Saiba mais sobre estas consultas no site do IPO de Lisboa

 

Fonte: POP

 

__________

Na minha família, só tinha um caso de cancro da mama, que era a minha tia, que faleceu em 1999, eu sempre tive muito alerta com as minhas mamas, por causa do caso dela, mas os profissionais faziam-me sempre uma pergunta, que me deixava mais descansada, mas não foi suficiente para não me aparecer cancro da mama, a pergunta era, Tem casos na família?, e eu dizia que tinha uma tia, e a pergunta seguinte era sempre, Do lado do pai ou da mãe? e eu dizia do lado do pai, e lá vinha a resposta, do lado do pai, não há tanto risco.

Se  o meu cancro tem alguma coisa a ver com o da minha tia, não sei, nunca ninguém me disse, mas gostava muito de saber.

Quanto a estas consultas, vou-me informar melhor, para poder dar alguns conselhos às minhas irmãs.

 

Postado por Isa às 10:42
link | comentar | ver comentários (15) | favorito
partilhar
Terça-feira, 17 de Novembro de 2009

Afinal em que ficamos???

Novos estudos recomendam mamografias só a partir dos 50 anos

Vários especialistas norte-americanos defendem que as mulheres devem começar a fazer mamografias aos 50 anos e não aos 40, como é recomendado actualmente. A proposta está a gerar controvérsia entre a classe médica nos Estados Unidos.

O grupo privado de peritos de saúde acredita que as mamografias regulares podem trazer mais riscos do que benefícios para as mulheres e defendem que é preciso reduzir os eventuais problemas causados por exames em excesso.

Razões que levaram a que, no último relatório, publicado no "Annals of Internal Medicine", estes especialistas norte-americanos sugiram que as mamografias só devam ser feitas a partir dos 50 anos e não aos 40, como tem sido recomendado.

O documento sugere ainda que as mulheres passem a ser examinadas de dois em dois anos e não anualmente.

Na base desta proposta estão novos dados estudados pelos especialistas.

Dizem os peritos que a mamografia pode exigir vários testes desnecessários, como biopsias, e pode ainda conduzir a falsos alarmes.

O relatório revela ainda que a vantagem de uma mamografia para reduzir a taxa de mortes devido ao cancro da mama é de apenas 15 por cento.

O grupo defende que a probabilidade de se ter cancro da mama aos 40 anos é menor do que aos 50 e por isso é razoável que se adie o início dos exames regulares.

Recomendações que não se aplicam às mulheres com historial da doença na família.

Mas, mesmo assim, o relatório está a gerar polémica.

Vários grupos de especialistas como a Sociedade Americana de Cancro rejeitam a nova proposta e vão manter as anteriores recomendações, mas há já vários peritos que aceitam as novas conclusões.

 

Fonte: Sic

_____

A minha experiência com o cancro da mama é mesmo pelo lado da vitima, e a minha modesta opinião que tem sido aqui muito divulgada é que começar a realizar as primeiras mamografias aos 40 anos é tarde. O meu cancro não foi detectado na primeira eco-mamaria quando eu tinha 35 anos, só um mês e meio depois de fazer a eco e voltar a repetir eco e fazer mamo, é que detectaram um cancro de 3 cm...foi tarde na idade??? Não me pareceu, esperaria por ter 40, ou 50 anos, quando já pertence-se à lista dos rastreios???

Quando nos dedicamos a um assunto, como sempre chegamos à conclusão que há mais pessoas, neste caso, com cancro da mama que imaginamos e nos últimos quase 4 anos, o que vejo é que cada vez o cancro aparece mais cedo. E acho que há que ter atenção a isso. 

E quantas foram as nossas amigas que faleceram umas com menos de 40 anos e outras pouco mais de 40 anos.

"O relatório revela ainda que a vantagem de uma mamografia para reduzir a taxa de mortes devido ao cancro da mama é de apenas 15 por cento." E acham pouco???

 

 

Postado por Isa às 16:52
link | comentar | ver comentários (14) | favorito
partilhar
Segunda-feira, 16 de Novembro de 2009

Parabéns GIGI

 

Gigi, que tenhas um lindo dia de aniversário.

Parabéns, muitas felicidades.

Sabes que és um dos nossos orgulhos.

És uma mulher cheia de força, que nos inspiras.

Beijinhos  

Postado por Isa às 10:25
link | comentar | ver comentários (13) | favorito
partilhar

.Eu

.Contacto

isabelguerreiro@net.sapo.pt

.links

.posts recentes

. Até sempre...

. Seis recomendações para e...

. Oncologia no Alentejo

. Serpa: Rastreio Cancro da...

. O ultimo

. Venha Correr ou Andar por...

. 4 anos daminha reconstruç...

. "A batalha que nós não es...

. Uma historia de vida, nes...

. Um dia pela Vida...

.arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.favoritos

. Está a chegar o final do ...

. Tia Bia

. Novo passo no tratamento ...

. Avó Nena

. Tia Bia

. Amor

. Mãe

. Pai

. Manas

. Obrigado

.Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.pesquisar

 
Todos os artigos e matérias publicadas neste blog, bem como as informações sobre procedimentos de exames e diagnósticos aqui inseridos, têm carácter estritamente informativo e não devem ser utilizadas de forma alguma para a realização de auto-diagnóstico, auto-tratamento e ou auto-medicação. Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

.últ. comentários

Boa tarde, onde se encontra um médico especialista...
Eu gosto do jeito que você escreve
Eu gosto de seu pensamento e sua maneira de escrev...
Gostaria de saber se alguém tem conhecimento de se...
Boa tarde,Por acaso estou a passar pela situação e...
Bom dia gostaria de saber uma informação como sou ...
Tenho linfoma cutâneo doença crônica e sem cura , ...
tumor benigno na cabeca do colo do femur. grau de ...
https://escritosdispersos.blogs.sapo.pt/222610.htm...
No processo de revisão ou reavaliação, o grau de ...

.mais comentados

44 comentários
28 comentários
25 comentários
24 comentários
23 comentários

.tags

. todas as tags