"Sair de um blog sem comentar é como visitar alguém e ir embora sem se despedir..."
Quarta-feira, 2 de Janeiro de 2008

Atrasar a Idade

Não se trata propriamente do elixir da juventude. A medicina antienvelhecimento, ou do século XXI como também é conhecida, tem como objectivo “o rejuvenescimento funcional biológico”, como afirma Luís Romariz, médico de clínica geral e director do Instituto Médico New Age, no Porto, o único em Portugal. Trata-se de uma abordagem “preventiva pró-activa, pois ao saber quais os pilares do envelhecimento, é possível procurá-los e proceder ao seu tratamento, de preferência ainda antes de eles se manifestarem”, explica.

De acordo com o médico, uma pessoa sujeita a um programa deste género recupera a aptidão física e a actividade sexual – no primeiro caso em cerca de 15 anos, no segundo de 15 a 20 anos – melhorando ainda, e de forma considerável, a capacidade mental. Simultaneamente está-se a “prevenir ou corrigir a osteoporose – perda de massa óssea – e a sarcopenia – diminuição da massa muscular”, acautelando também as doenças que tendem a aparecer com o passar dos anos, tais como “as doenças cardiovasculares, os acidentes vasculares” – ou seja, os AVCs ou tromboses, como popularmente são conhecidos –, “a doença de Alzheimer e as demências senis”. Ou ainda a diabetes tipo 2, o que em alguns casos se fica a dever à obesidade, “a epidemia do século XXI”. Segundo o especialista em “antiaging”, é possível dizer se um paciente vai sofrer de diabetes tipo 2 com uma antecedência de cerca de 10 a 15 anos, através deste ramo da medicina. Mas tudo isto “é evitável e tratável” à luz desta nova ciência, assegura Luís Romariz, defendendo a ideia de “viver até morrer”.

 
Sendo possível recorrer à medicina antienvelhecimento em qualquer altura da vida, existe um tempo mais ou menos ideal para uma primeira consulta. Segundo o especialista, no caso das mulheres acontece por volta dos 35 anos, altura em que “se inicia a perda da massa óssea”. Nos homens a partir dos 40 anos, altura em que a barriga tende a dilatar. A célebre “‘barriga’” masculina é “de muito mau prognóstico, pois aponta a hipótese de um futuro enfarte do miocárdio ou ‘trombose’”, para além de que “limita a dinâmica da testosterona com a consequente perda progressiva da libido e erecção”.

Embora os mecanismos do envelhecimento sejam comuns, existem características e factores específicos que podem atrasar ou antes acelerar este processo. A genética e o ambiente têm aqui um papel muito importante mas, de acordo com Luís Romariz, é possível agir sobre a primeira, colocando-a a nosso favor. “A genética marca uma predisposição que pode ser contrariada pelo estilo de vida e pelos fármacos.” Já no que respeita ao ambiente, “é bem mais difícil alterá-lo”. A exposição ao fumo e ao Sol, às radiações e à radiação magnética dos electrodomésticos e das linhas eléctricas, a exposição alimentar a margarinas, soja e seus derivados e álcool, entre muitas outras coisas, são de facto nocivas, assegura o especialista.

“A idade biológica é o somatório das ‘idades’ das diferentes células dos órgãos”, explica a propósito, esclarecendo que a idade de um fumador ou ex-fumador, por exemplo, será sempre necessariamente maior que a sua idade cronológica. Num consumidor de álcool, será a sua idade hepática que será superior. No caso concreto do rosto, o que mais envelhece é “a radiação solar, fotoenvelhecimento”, pelo que, neste caso, “podem existir assincronias entre o aspecto e os órgãos”. Depois de um vasto conjunto de exames e análises, desde as mais comuns como o hemograma, por exemplo, às mais complexas com recurso à tecnologia de ponta, é possível estabelecer o estado de todos os órgãos, músculos e ossos humanos.

Entre outras coisas, “é possível determinar a capacidade cerebromuscular e o estado de fluidez/rigidez das membranas celulares, avaliar o estado de oxidação e antioxidantes do corpo e o risco coronário e da inflamação silenciosa e fazer rastreios dos vários tipos de cancro”, determinar a massa gorda e os níveis hormonais.

Concluído o diagnóstico, é delineado um plano de intervenção, sempre personalizado, para prevenir doenças cuja predisposição é detectada através dos exames. E para contrariar o processo de envelhecimento, de forma a atingir o rejuvenescimento que propõe: até 15 anos.

A intervenção combina alimentos e bons hábitos alimentares, exercícios físicos e mentais, administração de nutracêuticos – minerais e vitaminas, oligoelementos e antioxidantes, e reposição hormonal quando necessária. “A sinergia entre a nutrição e o exercício físico sustentado e hormonalmente correcto, não o que se pratica dia-a-dia nos ginásios, e a modulação hormonal tem efeitos fabulosos na longevidade e no rejuvenescimento”, esclarece o especialista. Sempre que necessário, como médicos que são, os especialistas do Instituto do Porto estão aptos a prescrever fármacos para corrigir eventuais patologias que os doentes apresentem. O recurso à medicina antienvelhecimento “não tem contra--indicações absolutas, pode haver limitações parciais”, diz o médico, esclarecendo que já tiveram doentes que haviam tido cancro da próstata, o que, neste caso, “limita a possibilidade de fazer terapêutica de substituição hormonal masculina”.

De acordo com Luís Romariz, dois meses após o início da intervenção é possível perceber e notar uma perda de massa gorda (o número da roupa diminui) e nota-se uma clara melhoria do sono e na energia. Aos três meses “diminuem muitíssimo os níveis dos marcadores de risco de morte súbita” e aos seis “está resolvida a maior parte das disfunções sexuais”. Quanto ao rosto, “obviamente que o aspecto exterior melhora ficando a pele mais radiante, mas as rugas não terão uma alteração muito sensível”, explica, esclarecendo que mesmo o creme de antienvelhecimento (do Instituto) precisa de uma aplicação contínua de seis a 12 meses para fazer o seu efeito nas rugas. “Se há coisas que não prometemos são milagres”, esclarece, peremptório.

Os portugueses ainda não estão muito sensibilizados para este tipo de abordagem, mas o director do Instituto acredita que é fundamentalmente por desconhecimento. Falamos num ramo da medicina muito novo (Age Management Medicine), e o Instituto, pioneiro em Portugal, abriu ainda não há um ano. “As pessoas ainda não sabem muito bem o que é.” De qualquer forma, os clientes vão surgindo progressivamente – alguns subsistemas e seguros de saúde comparticipam os exames e algumas consultas da medicina antienvelhecimento – e, neste momento, a população feminina é de 55 por cento.
 
Alguns benefícios

l
Físicos: aumento da massa muscular, diminuição de gordura, melhoria do sistema imunitário, optimização da actividade sexual masculina e feminina
l
Mental
: aumento do rendimento intelectual e da sensação de bem-estar, reduz e controla o stress
l
Celular
: amplia a capacidade de reparação e revitalização das células, melhora os agentes que influenciam o envelhecimento, atenua a destruição celular
l
Previne doenças: os riscos de doenças cardiovasculares e de cancro diminuem com esta abordagem pró-activa
 
 
A escolha dos alimentos
Luís Romariz juntou-se ao chefe Hélio Loureiro e os dois acabam de lançar o livro Cozinha Saudável Anti-envelhecimento. A obra compila um vasto leque de receitas para nos mantermos com saúde, jovens e aptos.
 
in Máxima
Postado por Isa às 15:26
link | comentar | favorito
partilhar
2 comentários:
De artesaoocioso a 5 de Janeiro de 2008 às 00:16
Parece que as celulas do nosso organismo têm «idades biológicas» diferente e desconheço até onde é possivel «atrazar » os diversos relógios.
Se é certo que vivemos mais anos, também é verdade que nem sempre mais idade é igual a vida melhor.
A grande maioria dos velhos (agora diz-se idosos) tem má ou muito má qualidade de vida.
De yodleri a 5 de Janeiro de 2008 às 02:44
A célebre “‘barriga’” masculina é “de muito mau prognóstico, pois aponta a hipótese de um futuro enfarte do miocárdio ou ‘trombose’”, para além de que “limita a dinâmica da testosterona com a consequente perda progressiva da libido e erecção”.

A célebre "barriga" masculina deve-se a um enfraquecimento muscular (musculus rectus abdominis) e não há estudo nenhum comprovativo de que isso denuncie um risco de enfarte miocárdio. Na presença de adiposidade excessiva poder-se-á especular, pois adiposidade é um dos factores relevantes nas doenças arteriais, mas isso já é outra coisa.
E além do mais a Organização Mundial de Saúde afirma que para prognosticar um enfarte do miocárdio são necessários diagnósticos em três áreas que cito: clínica, electrocardiográfica e bioquímica. Bom, se o caro colega Luís Romariz a olhar para a barriga diagnostica um enfarte, há-de ensinar-me essa técnica, pois isso pouparia imensos custos à medicina! Só os aparelhos custam um dinheirão...
Ah, que os homens não se assustem! A perda progressiva da líbido e erecção é normal! A rapidez com que se possa dar é que é alarmante. Um homem de 40 anos não é nenhum jovem... Problemático é quando o envelhecimento somático entra em conflito com o psicológico! Pois envelhecer é normal... anormal é querermos contrariar esse facto!

Comentar post

.Eu

.Contacto

isabelguerreiro@net.sapo.pt

.links

.posts recentes

. Até sempre...

. Seis recomendações para e...

. Oncologia no Alentejo

. Serpa: Rastreio Cancro da...

. O ultimo

. Venha Correr ou Andar por...

. 4 anos daminha reconstruç...

. "A batalha que nós não es...

. Uma historia de vida, nes...

. Um dia pela Vida...

.arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.favoritos

. Está a chegar o final do ...

. Tia Bia

. Novo passo no tratamento ...

. Avó Nena

. Tia Bia

. Amor

. Mãe

. Pai

. Manas

. Obrigado

.Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.pesquisar

 
Todos os artigos e matérias publicadas neste blog, bem como as informações sobre procedimentos de exames e diagnósticos aqui inseridos, têm carácter estritamente informativo e não devem ser utilizadas de forma alguma para a realização de auto-diagnóstico, auto-tratamento e ou auto-medicação. Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

.últ. comentários

Eu gosto do jeito que você escreve
Eu gosto de seu pensamento e sua maneira de escrev...
Gostaria de saber se alguém tem conhecimento de se...
Boa tarde,Por acaso estou a passar pela situação e...
Bom dia gostaria de saber uma informação como sou ...
Tenho linfoma cutâneo doença crônica e sem cura , ...
tumor benigno na cabeca do colo do femur. grau de ...
https://escritosdispersos.blogs.sapo.pt/222610.htm...
No processo de revisão ou reavaliação, o grau de ...
Aconselho todas as pessoas que se sintam injustiça...

.mais comentados

44 comentários
28 comentários
25 comentários
24 comentários
23 comentários

.tags

. todas as tags